Amor à primeira vista: dicas de como fazer a capa de livro ideal

05/06/2023 19:31
43 min.
341
Veja o passo a passo de como montar uma capa de livro criativa e ganhar a curiosidade do leitor desde o primeiro olhar com as dicas da Epublik

Veja o passo a passo de como montar uma capa de livro criativa e ganhar a curiosidade do leitor desde o primeiro olhar com as dicas da Epublik

Certamente, julgar um livro apenas pela capa, como diz o famoso ditado popular, não é uma prática correta. 

Mas não há dúvidas que, ao ser utilizada como um espaço esteticamente surpreendente, informativo, original e até mesmo intrigante, a capa desempenha um papel crucial para que o leitor se apaixone “à primeira vista” pelo livro,

Para que você não se perca na escolha da capa ideal e que seu projeto seja inesquecível desde o primeiro olhar, o blog da Epublik fez um guia com as melhores dicas sobre cores, imagens, composições e ideias em geral. Vamos nessa?

Qual a importância da capa de um livro? 

A imagem na capa de um livro pode servir a vários propósitos e funções. Entre elas estão as seguintes:

  • Atratividade visual e elemento estético: Uma fotografia ou ilustração atraente pode chamar a atenção dos leitores em potencial e despertar seu interesse pelo livro, dando destaque ao produto em meio a outros;

  • Identificação do gênero ou tema: A imagem de uma espada pode indicar que o livro é de fantasia, enquanto a ilustração de um microscópio diz que se trata de um livro científico. Isso ajuda os leitores a identificar rapidamente o tipo de livro que estão em busca;

  • Reforço visual da história: Em alguns casos, a imagem na capa pode retratar uma cena ou personagem importante do livro. Isso ajuda a transmitir visualmente elementos-chave da história e gerar expectativas nos leitores sobre o que encontrarão dentro do livro.

Esse espaço, porém, nem sempre foi utilizado para contribuir com a narrativa. Por centenas de anos, a encadernação dos livros era utilizada apenas como método de proteção das páginas contra o acúmulo de sujeira e poeira. 

Não havia ali naquele espaço, por parte de um editor ou do próprio escritor, um planejamento para o uso de ilustrações ou de um design elaborado com algum viés artístico ou mercadológico. 

Revolução da arte gráfica dos livros

Essa função da capa de livro como parte estética do produto aconteceu para valer na virada do século XX, com movimentos artísticos revolucionários, como a art nouveau, que influenciou a crescente indústria de livros em editoras na Europa e nos Estados Unidos.

A partir de 1920, artistas de movimentos estéticos vanguardistas da União Soviéticacomo Alexander Rodchenko e Lazar “El Lissitzky”também contribuíram nessa nova forma de observar as artes visuais dos livros. 

Com o passar das décadas e maior facilidade de acesso do público aos livros – em especial após a Segunda Guerra Mundial –, capa se transformou em uma ferramenta comercial fundamental. 

Atentos a essa inovação do mercado, grandes editoras passaram a ter equipes de designers, desenhistas e uma gama de profissionais na elaboração dessas artes.  

Capas de livros no Brasil

As editoras e os artistas brasileiros também participaram dessa evolução editorial dos livros. 

Muitas dessas artes conversavam com o movimento artístico literário vigente na época, como a edição de 1922 de “Pauliceia Desvairada”, obra mais significativa de Mario de Andrade para o movimento modernista. A arte, feita pelo artista Guilherme de Almeida, apresenta losangos coloridos, em uma estética cubista, o que fez um crítico da época relacioná-la a um “manual de tinturaria”. 

A partir de então, as capas de livro seriam um espaço nobre para a arte visual chegar a um público maior. 


Trabalhe com imagens impactantes

Dicas para fazer a capa de livro ideal

Agora que você sabe os motivos que transformaram a capa em uma vitrine dos livros, confira esse guia especial sobre como desenvolver imagens hipnotizantes e profissionais nesse espaço tão valorizado:

Trabalhe com imagens impactantes

Despertar a curiosidade do leitor em um primeiro contato com o livro é o propósito da capa, e a imagem que será colocada nesse espaço é o principal ingrediente dessa receita. 

É possível explorar fotos, ilustrações ou composições feitas por meio de softwares de computador. Veja como cada um desses elementos podem compor uma arte de livro: 

  • Fotografias: Fotos são ferramentas importantes para ilustrar aquilo que pretende ser dito em uma capa, seja de livro, revista, jornal, etc. As fotografias devem ser de alta qualidade e, obviamente, relacionadas ao tema do livro. São mais utilizadas em livros de não ficção, como biografias e livros-reportagem, de fotografia ou culinária;

  • Ilustrações: Outra opção popular para a capa, especialmente em livros infantis ou de ficção, as imagens ilustradas podem ser criadas à mão ou digitalmente. Um exemplo típico do uso de ilustrações em capas são em romances históricos, nos quais a arte pode apresentar uma imagem de personagens vestidos com trajes da época;

  • Elementos gráficos e ícones: São perfeitos como elementos visuais adicionados à capa do livro. Esses recursos podem ser usados para representar personagens, cenas ou ideias da narrativa


Fique atento às cores utilizadas

Fique atento às cores utilizadas

As cores carregam significados e são utilizadas para destacar certos elementos da arte, os chamados pontos focais.

Um exemplo é o uso de cores fortes, como o vermelho ou o alaranjado, sobre uma imagem em preto e branco. Assim, se cria um contraste e evidencia um personagem ou objeto em cena. 


Explore a tipografia de modo inovador

Explore a tipografia de modo inovador

A tipografia é um interessante artifício para trazer impacto. Sem o uso de uma fotografia ou ilustração como imagem principal, as fontes fortes e bem projetadas podem ajudar a atrair a atenção dos leitores.

A fonte, a depender do tipo, cor, forma, tamanho ou posição na arte, enfatiza um ponto ou uma ideia que está no título da obra

Uma dica é utilizar a chamada letra cursiva, de caligrafia, em livros nos quais a narrativa é feita em primeira pessoa, como autobiografias e diários.

Esse modelo de fonte dá a sensação de que a capa foi escrita à mão pelo próprio autor, levando ao leitor a sensação de que a história relatada naquelas páginas é confessional e íntima. 

Cuidado também para não poluir a página com muitas palavras. Utilizar fontes de estilos diferentes também não é recomendado, pois isso pode deixar a arte descaracterizada. 


Crie composições inteligentes

Crie composições inteligentes

Abuse da criatividade e teste perspectivas diferentes, utilizando todas as possibilidades para ilustrar a capa, como sobreposiçõescolagensfotomontagens, etc.

Assim, a autenticidade do projeto com certeza vai chamar a atenção, e a incorporação do tema do livro à capa será feita de maneira sutil e criativa.

Outras dicas importantes para se guiar até ter uma arte bacana são as seguintes:

  • Seja simples: Menos, às vezes, pode ser mais. Não precisa incluir todos os detalhes que fazem parte da história. A ideia é que o espaço funcione com informações o suficiente para chamar a atenção dos leitores; 

  • Tenha referências: Pesquise capas de livros que te encantem, seja em sites da internet, em livrarias ou na estante da sua biblioteca. Sem referências, não há ponto de partida;

  • Procure um profissional: Não hesite em contratar um especialista. Designers gráficos, ilustradores e fotógrafos são os mais procurados para a montagem desse tipo de arte. Não se esqueça de bater um papo com o artista gráfico sobre o significado do livro, o que você espera dessa capa, etc. Se possível, entregue um resumo do livro, isso vai ajudar muito para que o capista entenda o que você quer;

  • Jamais ignore a importância da capa: Entenda esse espaço do livro como o seu primeiro contato com o leitor, uma verdadeira vitrine para se interessar pelo produto. É vendo o que está ali “exposto”, que ele vai se interessar por aquilo que você passou meses ou até mesmo anos escrevendo, com muito trabalho e pesquisa. Não desperdice esse espaço por achá-lo sem importância.

O mesmo profissional responsável pela arte gráfica da capa de um livro, normalmente tem à cargo outras atribuições no projeto, como as ilustrações internas, a contracapa e a própria diagramação, caso ele também tenha sido contratado com esse propósito.

Junte-se à Epublik agora mesmo! 

Se você tem prazer em contar histórias e quer vê-las publicadas, chegou a hora de fazer parte da Epublik.

Seja uma história de ficção ou um simples livro para agradar os amigos e familiares, nossa plataforma de produção e distribuição digital tem ferramentas ideais para criar a sua própria história. 

Siga estas etapas e seja também um criador de conteúdo com a Epublik. 

Mais Lidos

13/07/2023 16:10
2080

Conheça seis escritores baianos atuais para se inspirar

10/10/2023 21:46
381

Cinco autores nacionais que marcaram a literatura infantil

13/07/2023 20:01
374

Como escrever um livro de ficção científica?

05/06/2023 19:31
341

Amor à primeira vista: dicas de como fazer a capa de livro ideal